Cérebro revela o risco de desenvolver obesidade




A conectividade funcional das redes neurais associadas à saciedade e ao apetite são alteradas antes do desenvolvimento da obesidade.

A obesidade é um problema de saúde globalmente crescente, e novas intervenções para prevenir e tratar a obesidade são necessárias.

A obesidade está ligada a mudanças na sensibilidade à insulina cerebral e na função de neurotransmissor. Essas mudanças podem explicar o aumento do apetite e o excesso de comida.

"No entanto, até agora não foi determinado se essas alterações já são visíveis no cérebro antes de uma pessoa desenvolver obesidade, e se essas mudanças aumentariam o risco de obesidade futura", diz o doutorando Tatu Kantonen, do Departamento de Medicina Clínica da Universidade de Turku.