Exercício pode melhorar a qualidade do sono mesmo quando você não percebe uma diferença




O exercício é conhecido por melhorar a qualidade geral do sono, reduzindo a quantidade de tempo necessário para dormir e aumentando o poder das ondas cerebrais durante o sono de ondas lentas (SWS), também conhecido como sono profundo.


O exercício pode ser uma nova receita para ajudar aqueles com problemas de sono. Pesquisadores descobriram que exercícios rigorosos causam mudanças mensuráveis na qualidade do sono, mesmo que uma pessoa não note a diferença.

O exercício físico tem sido prescrito há muito tempo como uma forma de melhorar a qualidade do sono. Mas agora, pesquisadores do Japão descobriram que mesmo quando o exercício causa mudanças objetivamente medidas na qualidade do sono, essas mudanças podem não ser subjetivamente perceptíveis.

Em um estudo publicado este mês na Scientific Reports,pesquisadores da Universidade de Tsukuba revelaram que o exercício vigoroso foi capaz de modular vários parâmetros de sono associados à melhoria do sono, sem afetar relatórios subjetivos sobre a qualidade do sono.


O exercício é conhecido por melhorar a qualidade geral do sono, reduzindo a quantidade de tempo necessário para dormir e aumentando o poder das ondas cerebrais durante o sono de ondas lentas (SWS), também conhecido como sono profundo. No entanto, estudos que investigam a ligação entre exercício e sono produziram uma série de resultados contraditórios, provavelmente devido a limitações relacionadas a sistemas de classificação de estágios de sono.

Os pesquisadores da Universidade de Tsukuba tiveram como objetivo abordar isso usando o coeficiente de variação do envelope (CVE), que é um novo método computacional para analisar sinais cerebrais como os coletados na pesquisa do sono.

"O CVE é uma nova ferramenta para quantificar a profundidade do sono de acordo com as características das oscilações cerebrais", diz o autor sênior do estudo, professor Kaspar E. Vogt. "Queríamos usá-lo para determinar se o exercício melhoraria ou diminuiria a qualidade do sono, além de determinar se ataques curtos de exercício poderiam exercer um efeito duradouro sobre o estado metabólico."

Para isso, os pesquisadores recrutaram um grupo de jovens saudáveis e examinaram os efeitos de 60 minutos de exercício vigoroso sobre a qualidade do sono em termos de relatórios subjetivos e polissonografia, nos quais dados relativos ao estado fisiológico e neurológico são coletados em laboratório durante o sono. Eles então usaram a abordagem CVE para avaliar a estabilidade do SWS.

"Os resultados foram surpreendentes", explicam os principais cientistas do estudo Insung Park e Javier Díaz. "Descobrimos que o exercício melhorou a qualidade do sono medida por meio de técnicas objetivas, enquanto os participantes não relataram nenhuma mudança na qualidade do sono."

Os pesquisadores especularam que os benefícios da maior qualidade do sono poderiam ter sido combatidos por um aumento do estresse e dor muscular, pois os participantes não estavam acostumados a exercícios vigorosos.

"Os resultados das avaliações subjetivas da qualidade do sono indicam que o exercício moderado regular pode ser mais benéfico para a qualidade do sono percebida do que exercícios vigorosos ocasionais, o que pode não ter um efeito subjetivo apesar das melhorias objetivas no sono", diz o professor Vogt.

Indivíduos que praticam exercícios vigorosos podem perceber uma diminuição na qualidade do sono em comparação com se não tivessem se exercitado. No entanto, os achados deste estudo indicam que a estrutura do sono pode de fato ser melhorada pelo exercício e ter potencial aplicação no desenvolvimento de novas recomendações de tratamento para vários distúrbios do sono.


“Exercise improves the quality of slow-wave sleep by increasing slow-wave stability” by Insung Park, Javier Díaz, Sumire Matsumoto, Kaito Iwayama, Yoshiharu Nabekura, Hitomi Ogata, Momoko Kayaba, Atsushi Aoyagi, Katsuhiko Yajima, Makoto Satoh, Kumpei Tokuyama & Kaspar E. Vogt. Scientific Reports


84 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo