Tomar suplementos pró-bióticos uma vez por dia tem um impacto positivo nos níveis de ansiedade



O estudo constatou que aqueles que receberam uma dose diária de probióticos melhoraram o bem-estar mental reduzindo os níveis de ansiedade e tiveram melhor saúde intestinal do que o grupo controle


Tomar um suplemento probiótico diário melhora o bem-estar geral, reduz os sintomas de ansiedade e promove uma melhor saúde intestinal, relata um novo estudo.

Em um artigo publicado na revista Scientific Reports,pesquisadores de Surrey investigaram se o consumo diário de um suplemento alimentar pró-biótico poderia melhorar o bem-estar geral em um grupo de jovens de 18 a 25 anos.

O estudo constatou que aqueles que receberam uma dose diária de próbioticos melhoraram o bem-estar mental reduzindo os níveis de ansiedade e tiveram melhor saúde intestinal do que o grupo controle.

Os pesquisadores estudaram um grupo de 64 participantes femininas saudáveis sem diagnósticos clínicos atuais ou prévios de ansiedade. Os participantes receberam uma dose diária do galacto-oligossacarídeo pró-biótico (GOS) ou um placebo por 28 dias.

Todos os envolvidos no estudo concluíram pesquisas sobre suas experiências de saúde, incluindo humor, ansiedade e qualidade do sono e forneceram uma amostra de fezes para análise de sequenciamento de microbioma intestinal.

Dr. Kathrin Cohen Kadosh, Leitor em Neurociência Cognitiva de Desenvolvimento da Universidade de Surrey e Chefe do Laboratório de Desenvolvimento e Cérebro Social, disse:

"Esta nova pesquisa marca um avanço significativo na medida em que conseguimos mostrar que podemos usar um suplemento alimentar simples e seguro, como próbióticos, para melhorar tanto a abundância de bactérias intestinais benéficas no intestino quanto para melhorar a saúde mental e o bem-estar em mulheres jovens."

Dr. Nicola Johnstone, Pesquisador da Universidade de Surrey, disse:

"Este é um estudo emocionante que reúne diferentes dimensões na pesquisa em saúde mental; encontrar efeitos próbióticos em um grupo subclí clínico mostra promessa de pesquisa clínica translacional sobre múltiplos marcadores de saúde mental."

“Anxiolytic effects of a galacto-oligosaccharides prebiotic in healthy females (18–25 years) with corresponding changes in gut bacterial composition” by Nicola Johnstone, Chiara Milesi, Olivia Burn, Bartholomeus van den Bogert, Arjen Nauta, Kathryn Hart, Paul Sowden, Philip W. J. Burnet & Kathrin Cohen Kados. Scientific Reports


59 visualizações0 comentário