Negligência na infância deixa marca geracional



Crianças cujas mães experimentaram negligência quando eram jovens apresentaram circuitos cerebrais alterados em áreas associadas à ansiedade e resposta ao medo.

Experiências de vida precoce podem ter um efeito maior no desenvolvimento cerebral e na saúde neurobiológica. Novas pesquisas mostram que esses efeitos podem ser passados para as gerações subsequentes, relatando que os filhos de mães que experimentaram negligência emocional infantil apresentaram circuitos cerebrais alterados envolvidos em respostas ao medo e ansiedade.

O estudo aparece em Biological Psychiatry: Cognitive Neuroscience and Neuroimaging.


Os pesquisadores se concentraram nas conexões cerebrais entre a amígdala, que é central para o processamento de emoçõ