Os Estressores do Estresse em Seu Corpo e Comportamento



Os pesquisadores exploram algumas das manifestações físicas inesperadas do estresse, e como as pessoas podem gerenciar melhor o estresse diariamente.Clínica Mayo

Sintomas de estresse podem estar afetando sua saúde, mesmo que você não perceba. Você pode pensar que a doença é a culpada por essa dor de cabeça irritante, sua insônia frequente ou sua diminuição da produtividade no trabalho. Mas o estresse pode ser a causa.

Efeitos comuns do estresse

De fato, sintomas de estresse podem afetar seu corpo, seus pensamentos e sentimentos, e seu comportamento. Ser capaz de reconhecer sintomas comuns de estresse pode ajudá-lo a gerenciá-los. O estresse que é deixado sem controle pode contribuir para muitos problemas de saúde, como pressão alta, doenças cardíacas, obesidade e diabetes.

· No seu corpo: Dor de cabeça, tensão muscular ou dor, dor no peito, fadiga, mudança no desejo sexual, dor de estômago, problemas de sono

· No seu humor: Ansiedade, inquietação, falta de motivação ou foco, sentindo-se sobrecarregado, irritabilidade ou raiva, tristeza ou depressão

· Sobre o seu comportamento: Comer demais ou comer, explosões de raiva, uso indevido de drogas ou álcool, uso de tabaco, abstinência social, exercícios com menos frequência

Ato para gerenciar o estresse

Se você tem sintomas de estresse, tomar medidas para controlar seu estresse pode ter muitos benefícios para a saúde. Explore estratégias de gerenciamento de estresse, tais como:

· Obtendo atividade física regular

· Praticando técnicas de relaxamento, como respiração profunda, meditação, yoga, tai chi ou massagem

· Mantendo um senso de humor

· Passar tempo com a família e amigos

· Reservar tempo para hobbies, como ler um livro ou ouvir música

Procure encontrar maneiras ativas de gerenciar seu estresse. Maneiras inativas de gerenciar o estresse — como assistir televisão, navegar na internet ou jogar videogame — podem parecer relaxantes, mas podem aumentar seu estresse a longo prazo.

E não se esqueça de dormir bastante e comer uma dieta saudável e equilibrada. Evite o uso de tabaco, o excesso de cafeína e álcool e o uso de substâncias ilegais.

Quando procurar ajuda

Se você não tem certeza se o estresse é a causa ou se você tomou medidas para controlar seu estresse, mas seus sintomas continuam, consulte o seu médico. Seu profissional de saúde pode querer verificar outras causas potenciais. Ou considere consultar um conselheiro profissional ou terapeuta, que pode ajudá-lo a identificar fontes de seu estresse e aprender novas ferramentas de enfrentamento.

Além disso, procure ajuda de emergência imediatamente se você tiver dor no peito, especialmente se você também tiver falta de ar, dor de mandíbula ou costas, dor irradiando em seu ombro e braço, sudorese, tontura ou náusea. Estes podem ser sinais de alerta de um ataque cardíaco e não apenas sintomas de estresse.

Mayo Clinic


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo