Por que as pessoas fazem afirmações saudáveis, mas se entregam a comportamentos insalubres


Quando feitas perguntas sobre comportamentos sensíveis, como consumo de álcool ou excesso de comer, as pessoas tendem a responder de maneiras que consideram socialmente corretas enquanto minimizam seus comportamentos negativos pessoais.

O período entre ação de graças e natal é caracterizado por indulgência excessiva. Enquanto dizemos aos outros que estamos comendo e bebendo com moderação, controlando nossos gastos, e exercitando mais, na realidade, fazemos exatamente o oposto. Então, de onde vem essa desconexão?

Muitas vezes, ao responder a perguntas sobre comportamentos sensíveis (por exemplo, ganho de peso, excesso de comer, consumo de álcool), as pessoas querem parecer socialmente "corretas" enquanto minimizam os maus comportamentos. Psicólogos chamam esse viés de desobilidade social de resposta subconsciente (SDB), e para pesquisadores que estão tentando entender o comportamento real de uma pessoa, essas respostas tendenciosas são um problema.

"Nós somos humanos. Queremos que os outros gostem de nós e pensem em nós como boas pessoas", diz Nicole Olynk Widmar, professora de economia agrícola da Universidade Purdue. "No entanto, os prestadores de cuidados de saúde e os pesquisadores precisam de dados autorreendidos precisos. Entender o SDB é imprescindível para ser capaz de coletar bons dados sobre comportamentos humanos, especialmente dados autorreendidos sobre temas sensíveis, como ganho de peso e alimentação durante a temporada de férias."